27 de Agosto de 2011

 

Não podia estar mais de acordo com a iniciativa do tauródromo e com a necessidade de “mexer” na e com a Festa. É preciso inovar e, sobretudo, credibilizar os espectáculos taurinos em Portugal. Só assim conseguiremos fidelizar os aficionados e cativar os jovens.

O público mudou. É pouco entendido, desconhece as regras básicas do toureio, vibra com as mordidelas e com as piruetas feitas a quilómetros do toiro Não se importa que lhe impinjam carneiros carregados de sebo em vez do, já esquecido, toiro-toiro, verdadeiras toirinhas que permitem anunciar muitos quilos, mas que não transmitem, não incomodam e nunca assustam.

Por isso percebo os detractores da iniciativa dos lenços brancos. Como deixar nas mãos de um público ignorante a decisão da atribuição de um prémio?

Na minha opinião é muito simples: é uma mera questão de justiça e democracia. O espectáculo é feito para o público, é ele o soberano, deixemos então que ele decida. Só assim poderemos ganhar massa crítica. Talvez assim se incentive alguns espectadores a tentar perceber porque fulano acenou a determinado artista em detrimento de outro. Talvez sinta a responsabilidade e procure decidir mais ponderadamente. Talvez não. Mas qual é a alternativa? Permanecer no marasmo e deixar a Festa agonizar lentamente. Pior do que estamos é difícil.

Gostava de ver esta iniciativa ser posta em prática em algumas corridas, ainda que ocasionalmente, sobretudo naquelas que participam os jovens cavaleiros, como forma de incentivar a competição e melhorar o espectáculo. Se o futuro da Festa passa por eles, a mudança também deve passar. Considero ainda que, para além da atribuição dos troféus, deveria ser feito o mesmo para a concessão das voltas à arena. Só após a petição do público, o director de corrida deveria autorizar os artistas a darem a volta de agradecimento. A execução não parece simples, nesta nossa festa de cavaleiros e forcados, mas não custa tentar.

Parabéns ao tauródromo pela iniciativa, mas sobretudo pelo debate. É também fazendo os aficionados reflectir e possibilitando-lhes expressar a sua opinião que valorizamos a Festa.

publicado por Santos Vaz às 12:51

mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Agosto 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
10
11
12
13

14
16
17
18
19
20

21
23
24
25
26

29
30
31


arquivos
2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


Contador

Contador de visitas Saúde
blogs SAPO