26 de Março de 2012

Lamento a pobreza dos comentários dos abolicionistas. Como se verificou na Catalunha, a proibição das corridas, para além de absolutamente hipócrita pois mantêm-se todas as formas de tauromaquia popular, nada teve a ver com a suposta defesa dos direitos dos animais. Foi motivada por uma agenda política independentista e por nada mais.

A tauromaquia não é apenas cultura e tradição, é também economia, ecologia e, sobretudo, é uma questão de liberdade.

As atividades relacionadas com a tauromaquia geram milhares de postos de emprego, criam riqueza e permitem a preservação de milhares de hectares de montado, com toda a biodiversidade a ele associada. A produção de bovinos bravos assenta num dos sistemas produtivos de bovinos mais sustentáveis do mundo e com os mais elevados índices de bem-estar animal.

Mas a questão que se coloca é sobretudo ao nível da liberdade. A europa foi construída com base nos valores de solidariedade, progresso, bem-estar das populações, mas sempre, sempre no mais escrupuloso respeito pela preservação da sua identidade e cultura. A tentativa de proibir esta expressão cultural, com base numa suposta modernidade europeia, é um grave atentado à cultura dos povos. Então sim, estaremos perante o fim e a destruição do sonho e do projeto europeu.

publicado por Santos Vaz às 10:32

mais sobre mim
pesquisar
 
Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Março 2012
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
14
15
16
17

19
20
23

28
30
31


arquivos
2017:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2016:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2015:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2014:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2013:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2012:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2011:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2010:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


2009:

 1 2 3 4 5 6 7 8 9 10 11 12


Contador

Contador de visitas Saúde
blogs SAPO